NewsAdotar e amar um animal de estimação cura você melhor do que qualquer medicamento

15 de julho de 2020
https://alternativalondrina.com.br/web/wp-content/uploads/2020/07/alternativa_15.jpg

Na minha infância, tive os melhores amigos que uma criança poderia desfrutar na vida: animais de estimação. Eu tive todos os tipos de pets: cães, gatos, coelhos, peixes, hamsters, porquinhos-da-índia. A verdade é que fui muito feliz com eles. Crescer com animais me ajudou a ser mais responsável e empática com os seres vivos menores...

Na minha infância, tive os melhores amigos que uma criança poderia desfrutar na vida: animais de estimação. Eu tive todos os tipos de pets: cães, gatos, coelhos, peixes, hamsters, porquinhos-da-índia. A verdade é que fui muito feliz com eles. Crescer com animais me ajudou a ser mais responsável e empática com os seres vivos menores e dependentes em mim.

 

Crescer com aquelas companhias maravilhosas e delicadas me deixava muito feliz. Graças a isso, nunca soube o que era sentir-me sozinha, com medo ou triste. Isso porque eles eram uma companhia e consolo em momentos de dificuldade.

 

Hoje em dia não é diferente: moro com 6 cães e eles me dão ânimo quando me sinto triste, sozinha ou doente. Além disso, eles me impedem de ter uma vida monótona e sedentária. Sem contar que eles me tornam uma pessoa verdadeiramente feliz, então, minha vida está quase completa.

 

Estou certa de que, enquanto tiver vida e saúde, terei animais de estimação. Não os terei por prazer egoísta, mas porque realmente gosto do amor e da companhia que eles oferecem. Além disso, sinto um grande prazer em dar a um ou mais animais, o lar, o amor, a comida e os cuidados que todos merecem e precisam.

 

Adotar é sempre melhor que comprar

Nada é mais terrível do criadouros comerciais de animais, qualquer que seja a espécie. Em alguns deles há tanto descuido e crueldade, que os animais que nascem desses cruzamentos geralmente têm doenças congênitas. Quando compramos um animal, estamos incentivando esse negócio terrível e triste.

 

Além do mais, você pode ir a um abrigo ou tirar um cão ou gato da rua e levar para casa; os “de raça” também são abandonados e maltratados.

 

Tito, meu primeiro cachorro resgatado

Vários anos atrás, um cachorro pequeno, sujo e triste chegou à casa de uma vizinha. Elas não podiam ter mais um cachorro e nos perguntaram se podíamos lhe dar um lar. A verdade é que não conseguimos dizer não. Quando o pequeno animalzinho entrou em nossa casa, a primeira coisa que fizemos foi alimentá-lo e ele devorou ​​um grande prato de espaguete. Então, minha mãe tirou uma camiseta que estava vestindo. Era um pequenino Poodle, com cerca de 2 anos.

 

Demos banho nele – o pobrezinho tinha tanta sujeira e seu pelo estava tão emaranhado, que levamos a tarde toda para limpá-lo e fazê-lo ficar cheiroso. Minha mãe tosou seu pelo, ele era simplesmente um doce: não rosnou, não latiu, nem mordeu; pelo contrário, parecia tão agradecido, pulava e balançava o rabo em volta de nós, que mal podíamos esperar para lhe dar carinho. Nós o chamamos de Tito.

 

Esse cachorro foi minha companhia por muitos anos, ele ia comigo a todos os lugares e, embora às vezes ele fosse um pouco louco e mal-humorado, ele era um cachorro muito bom. Certa noite, ele simplesmente saiu de casa e, por mais que o procurássemos, ele não apareceu. Isso foi há mais de 10 anos, mas sinto muita saudade até hoje.

 

Nos o ajudamos, e Tito, sem saber, ajudava-me de muitas maneiras. Ele me deu amizade e companhia, tudo que eu precisava naqueles momentos difíceis e complicados. Devo muito ao meu Tito.

 

Adotar um animal de estimação mudará sua vida

Pode ser o animal de sua preferência, sempre que quiser dar um lar a um animal em dificuldade, sua vida, como um todo, mudará para melhor.

 

A razão é que um animal põe você à prova, mas não de propósito. Quando entra na sua vida, ele põe você em atividade mental, física e emocional, de modo que você acaba sendo forçado, pela necessidade, a cuidar desse serzinho sob sua responsabilidade. Em troca, ele lhe dá lealdade, amor e companhia; muito mais do que às vezes fazemos por eles.

 

Os animais de estimação são amigos que nunca irão traí-lo, e a única maneira em que irão prejudicar a sua vida, é quando, inevitavelmente, acabam morrendo.

 

Benefícios de ter um animal de estimação

– Adotar, quer seja um gato ou cachorro, irá ajudá-lo a dormir melhor.

– Você conseguirá lidar mais facilmente com a ansiedade ou a depressão.

 

Se forem treinados adequadamente, eles podem detectar a tempo ataques de epilepsia ou câncer.

– Ajuda as pessoas que estão acima do peso a ficar em forma.

– Ajuda a conviver melhor com a diabetes.

– Se você tiver dificuldade de se socializar, um cachorro irá ajudá-lo a fazer amigos com mais facilidade.

– Você não vai se sentir mais sozinho.

– Reduz o estresse.

– Quando uma criança cresce com cães, ela aprende valores como amor, caridade, empatia, responsabilidade.

– Melhora a autoestima, pois eles o amam e fazem você se sentir especial.

– Como se não bastasse, hoje em dia é muito comum encontrar animais em centros geriátricos e hospitais para idosos, pois eles os ajudam a lidar com o Alzheimer.

 

Quer seja um pássaro, um coelho ou um peixe – ainda que não tragam os mesmos benefícios que um cachorro ou um gato, eles lhe farão companhia e proporcionarão que tenha alguns afazeres. Portanto, se nestes momentos da sua vida você passa por alguma situação emocional ou pessoal difícil, adote um animal. Ele saberá recompensá-lo com amor, doçura e boas energias.

 

Fonte: Familia.com.br

© Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Elemento Visual

Abrir Whats
Olá 👋
Podemos te ajudar?